CROMOTERAPIA

 

            Significa: a cura pela cor, também é chamada Medicina Vibracional de freqüência superior às drogas alopáticas.

            No passado países como o Egito, Índia, China e Tibet escolhiam seus governantes pela cor de suas auras.

            Nós não temos consciência de que somos um todo energético.

            Conseguimos sentir uma sensação de paz e harmonia através da meditação e visualização criativa das cores.

            Chegamos a aprender o óbvio: qualquer pessoa pode usar as próprias energias para se equilibrar e, conseqüentemente, para se curar.

            O sol e mar sempre nos transmitiram paz e tranqüilidade, na realidade, o ambiente nos ajudava, mas o nosso interior, mudava o padrão de energia de modo a nos equilibrar provocando um efeito positivo em nossa saúde.

            Quanto as técnicas de cura, as mais comumentes usadas são:

-          Tratamento via exposição do paciente ou áreas do corpo afetadas à luz colorida;

-          Ingestão de água solarizada (o paciente bebe a água que foi exposta ao sol em um recipiente de vidro de determinada cor);

-          Visualizando a respiração de cores: Decorações de ambientes com cores específicas;

-          Dieta com alimentos de cores relacionadas ao tratamento;

-          Utilização de pedras e cristais.

 

Para os cromoterapeutas o ser humano é um todo energético que vibra a determinadas freqüências e que só contrai doenças quando uma ou mais, das diversas energias que constituem este todo – sejam da mente, do corpo ou do espírito – estão fora do seu equilíbrio natural ou vibrando na freqüência errada, gerando então um desequilíbrio no todo.

Os objetos não tem cor própria, mas selecionam os raios de luz, absorvendo uns e refletindo outros. As cores são uma parte do espectro eletromagnético que conseguimos enxergar.

A doença é uma função alterada, como resposta natural do corpo a um esforço excessivo.

A cor errada ou o tipo errado de alimento tende a alterar a freqüência do campo eletromagnético da célula, que por sua vez interage no campo de força do órgão, que irá afetar o sistema, que reagirá sobre o campo de força total do corpo. (Típica reação em cadeia).

A cor sendo vibração pura, é o tipo racional de terapia para a saúde e a doença.

 

CHAKRAS

              Os chakras são canais por onde passa a energia sutil, importante para a manutenção do equilíbrio biológico, psicológico e manutenção da saúde.

            Os chakras se encontram no duplo etérico, captadores de energia solar. Tem o formato de um cone, visto de lado; visto de frente o chakra forma um círculo, cujo giro de forma circular produz certas radiações.

            A “boca” está na parte mais externa junto ao corpo etérico e o “talo” que  é uma prolongação etérica, termina em algum ponto do organismo.

            Os chakras são áreas ou pontos de junção entre o corpo físico e o corpo astral ou sutil.

            Existem sete chakras maiores, em geral relacionados com as glândulas endócrinas e consideradas fundamentais.

            Todos os seres possuem um campo energético em volta do corpo, também denominado de aura. Ligados à aura, funcionando como canais de troca, ou seja, como receptores e emissores de energias, existem os chakras.

            Os chakras são pontos focais de energia, presentes no corpo humano, que fazem a conexão do nosso organismo com o meio ambiente.

            As emoções tem o poder de afetar a saúde. Isto porque os pensamentos e sentimentos ficam registrados primeiramente a nível mental e emocional, indo então afetar o corpo físico.

            Cada chakra reage a uma determinada energia, ou seja, a uma determinada freqüência de onda idêntica às do espectro eletromagnético. Então, para equilibrá-los, basta que nos sintonizemos às suas freqüências equivalentes.

            Se estamos sob o efeito de uma forte tensão emocional, um chakra pode diminuir seu ritmo de rotação, não permitindo que a energia flua livremente. Isto afeta os órgãos regidos pelos chakras, os quais adoecem, ou seja, deixam de receber toda a energia necessária ao perfeito funcionamento.

            Conhecer os chakras nos torna possível a auto cura, pois ao relacionar um sintoma de desequilíbrio físico ou emocional com o chakra correspondente, podemos retornar ao equilíbrio sintonizando a cor de vibração equivalente ao chakra afetado pelo desequilíbrio.

            Temos que estar sintonizados com os nossos sentimentos; caso contrário, não conseguimos identificá-los compreendê-los e então equilibrá-los.

            Tomar consciência das nossas emoções é fundamental para evitar que vão para o inconsciente e se transformem em doenças crônicas, o que é conseqüência de um chakra em desequilíbrio.

            Cada cor do arco-íris tem uma palavra chave que define basicamente a sua energia:

COR

TIPO DE  ENERGIA

VERMELHO

FÍSICA

LARANJA

De CRIAÇÃO

AMARELO

ESPIRITUAL

VERDE

De EQUILÍBRIO

AZUL CELESTE

De PODER MENTAL

AZUL ÍNDIGO

De INTUIÇÃO

VIOLETA

De TRANSMUTAÇÃO

                       

As cores fora do arco-íris também têm palavras chave:

COR

TIPO DE ENERGIA

ROSA

ANGELICAL

DOURADO

De MESTRIA

PÚRPURA

De SABEDORIA

CINZA PRATA

De CONHECIMENTO

MARROM

De PROSPERIDADE

PRETO

De PRESERVAÇÃO

BRANCO

De PAZ

 

ASPECTOS POSITIVOS E NEGATIVOS:

                        As cores são bipolares, como todo o Universo. O que significa isso? “Elas podem ser boas e más.” Conhecer o aspecto positivo e negativo de cada cor, nos ajuda a compreender como estamos usando suas energias.

                        Isto acontece com todas as cores, há uma lado que flui, outro que obstrui. O livre arbítrio é que determina como usá-las.

 

 

                                           


Pilar de Luz Kuan Yin
Rua Anita Garibaldi, 2401 - sala 3 - Porto Alegre, RS
Telefone: (51) 9828.34.27 - 3328.10.70
luzkuanyin@yahoo.com.br